Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUMBÓFILIA

PÁGINA DE JOSÉ CARLOS ALMEIDA ROSA, DEDICADA À COLUMBÓFILIA !!! PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO DO DESPORTO COLUMBÓFILO !!!

COLUMBÓFILIA

PÁGINA DE JOSÉ CARLOS ALMEIDA ROSA, DEDICADA À COLUMBÓFILIA !!! PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO DO DESPORTO COLUMBÓFILO !!!

LEILÃO DE BORRACHOS - CC ODIÁXERE (25/04/2010)

 LEILÃO DE BORRACHOS - CLUBE COLUMBÓFILO DE ODIÁXERE (25/04/2010)


Clube Columbófilo de Odiáxere - Leilão de Borrachos do columbófilo David Ribeiro (Porto) 

   


Boujelham Bennane, Francisco Gutierrez (Campeão Nacional de Espanha), Miguel Padilla, Luís Mestre (o anfitrião), Tomás Montiel (Director "La Voz Gran Fondo") e Nuno
Emídio, em visita às instalações de Luís Mestre - Odiáxere 

   


Vencedora Villalpando (Espanha) em duas colectividades do Algarve (CC Odiáxere e CC Lagos) e Vice-Campeã Distrital - Propriedade de Luís Mestre - Odiáxere 

   


Columbófilos de Espanha em visita às instalações de Keen & Emídio (Odiáxere) Miguel Padilla, Tomás Montiel, Francisco Gutierrez, Nuno Emídio (o anfitrião) e
Boujelham Bennane 

   


Instalações columbófilas de Keen & Emídio - Odiáxere 

   


Instalações de Keen & Emídio - Odiáxere 

   


Com os anfitriões Ted Kenn & Nuno Emídio columbófilos vindos de Espanha 

   


José Carlos (Gabinete Imprensa ACD Faro), Ted Kenn (o anfitrião), Francisco Gutierrez (Campeão Nacional de Espanha), Tomás Montiel (Director La Voz Gran Fondo), Miguel Padilla e Boujelham Bennane, em visita às magníficas instalações de Keen & Emídio - Odiáxere 

   


Francisco Gutiérrez Gutiérrez (ao centro) Campeão Nacional de Espanha 2009 

   


Francisco Gutiérrez e sua Esposa ladeando o Campeão do Derby Arona Tenerife 2010 

   


Francisco Gutiérrez (Campeão Nacional de Espanha 2009) junto às suas instalações 

   


O Campeão Nacional de Espanha 2009 (Francisco Gutiérrez) com mais três amigos columbófilos, junto às suas instalações 

   


Leilão de Borrachos do Clube Columbófilo de Odiáxere 

   


Intervenção de Luís Mestre (Presidente Direcção Clube Columbófilo Odiáxere) 

   


Intervenção de Luís Bandarra (Presidente Junta Freguesia de Odiáxere) 

   


Carlos Franco (leiloeiro de serviço), Nuno Emídio (Tesoureiro CC Odiáxere) e Fernando Marreiros (Coordenador Conselho Técnico CC Odiáxere) 

   


Fernando Marreiros (Coordenador Conselho Técnico CC Odiáxere) a supervisionar o leilão de borrachos 

   


Vitor Manuel ("Asas de S. Brás de Alportel") explicando aos presentes as linhagens dos borrachos de David Ribeiro destinados ao leilão do CC Odiáxere 

   


Vista parcial da assistência ao leilão de borrachos do Clube Columbófilo Odiáxere
 

   


Tomás Montiel, Francisco Gutierrez, Miguel Padilla, Nuno Emídio, Ted Kenn e Boujelham Bennane 

   


Ambiente de festa e de convívio entre a "familia columbófila" 

   


Jorge Barros, Jorge Guerreiro, Luís Mestre, Ilídio Rodrigues e José Glória 

   


"Asas de S. Brás de Alportel" - Vitor Manuel e sua família 

   


Columbófilos de Messines assistindo ao leilão de borrachos do CC Odiáxere 

   


Luís Bandarra (Presidente Junta Freguesia Odiáxere) agraciando Luís Mestre (Presidente Direcção CC Odiáxere) 

   


Carlos Correia (secretário do Clube Desportivo Odiáxere) agraciado pela Junta Freguesia de Odiáxere 

   


Agradecimento da Junta Freguesia Odiáxere à cozinheira que confeccionou o jantar para todos os presentes no leilão de borrachos do CC Odiáxere 

   


José Carlos (Gabinete Imprensa ACD Faro) agraciado por Luís Bandarra (Presidente Junta Freguesia de Odiáxere) pelo seu contributo na divulgação e promoção do desporto columbófilo 

   


Junta Freguesia Odiáxere agraciou José Carlos (Gabinete Imprensa ACD Faro) pelo seu contributo na promoção e divulgação do desporto columbófilo 

   


Corpos Sociais do Clube Columbófilo de Odiáxere, acompanhados por Luís Bandarra (Presidente Junta Freguesia Odiáxere) e por Carlos Franco (Leiloeiro de serviço) 

LEILÕES 2010 (ACD FARO)

 

     ASSOCIAÇÃO COLUMBÓFILA DO DISTRITO DE FARO

 

 

Mapas dos Leilões a realizar pelas Colectividades

LEILÕES 2010

DATA DO LEILÃO         COLECTIVIDADE                                   TIPO DO LEILÃO

25/04/2010                      Clube Columbófilo Odiáxere      

02/05/2010                      Grupo Columbófilo Cacela                      

30/05/2010                      Sociedade Columbófila Olhanense     Principal

10/06/2010                      Grupo Columbófilo Santo Estêvão      Principal

13/06/2010                      Sociedade Columbófila Albufeira                    

03/07/2010                      Sociedade Columbófila Tavirense      Principal

04/07/2010                      Sociedade Columbófila Luzense         Derby Luzense

10/07/2010                      Sociedade Columbófila Louletana      Principal 

11/07/2010                      Sociedade Columbófila Luzense         Derby Luzense

24/07/2010                      Clube Columbófilo Odiáxere

31/07/2010                      Sociedade Columbófila Faro                Derby Faro

01/08/2010                      Sociedade Columbófila Faro

07/08/2010                      Sociedade Columbófila Luzense         Principal

  

Ver ano 2006 | Ver ano 2007 | Ver ano 2008 | Ver ano 2009

 

  

Com esta iniciativa, pretende-se aumentar em qualidade e em quantidade, a informação prestada aos columbófilos portugueses, garantindo a promoção e a divulgação simultânea, dos mais variados eventos, organizados no Algarve.

      Para além do desenvolvimento harmonioso da columbófilia algarvia, sustentado por um projecto inovador, pioneiro e de liderança da Associação Columbófila do Distrito de Faro (Gabinete de Imprensa), pretende-se essencialmente que este seja um meio de sensibilização e informação a todos os columbófilos e ao grande-público, para a importância do desporto columbófilo, aliado às excepcionais características que notabilizam o Algarve nesta época do ano: mar, sol, natureza, lazer e columbófilia ...

      Esperamos, todos em conjunto, levar a efeito grandes jornadas columbófilas, visando sobretudo o convívio e a confraternização entre todos os columbófilos, familiares e amigos presentes, partilhando na transmissão dos conceitos de amizade, convívio, camaradagem e confraternização com a "família columbófila".

SAUDAÇÕES COLUMBÓFILAS 

José Carlos : Gabinete de Imprensa ACD Faro

http://josecarlosalmeidarosa.loftgest.com

 

 

 

htpp://josecarlosalmeidarosa.loftgest.com

 

 

 

 

 

COLUMBÓFILIA ALGARVIA REPRESENTADA NA FPC

CARLOS BARACHO : COLUMBÓFILO ALGARVIO ELEITO PARA OS NOVOS ÓRGÃOS NACIONAIS DA FPC

O Columbófilo Algarvio, Carlos Baracho (Ex-Presidente da Assembleia-Geral da Associação Columbófila do Distrito de Faro), faz parte da equipa do reeleito presidente da FPC (José Tereso), ocupando o cargo de Secretário da Mesa do Congresso.

A tomada de posse dos membros dos órgãos sociais da FPC, eleitos a 27 Fevereiro 2010, para o quadriénio 2010-2013, ocorreu no passado dia 29 de Março de 2010, aquando do Congresso Ordinário da FPC, realizado na sala de reuniões do Hotel Dona Inês, em Coimbra.

A Columbófilia Algarvia, vê assim, um seu destacado dirigente nos órgãos de liderança da Columbófilia Nacional, depositando a sua confiança e a maior esperança no trabalho a desenvolver pelos novos dirigentes nacionais, na preparação para os novos desafios, que a curto prazo inevitavelmente se colocarão na gerência do seu mandato.

Carlos Baracho

Macário Correia (Presidente CM Tavira) entrega a Carlos Baracho a faixa de Campeão do Campeonato de Fundo 2007 (S.C.Tavirense)

Intervenção de Carlos Baracho (Vereador Desporto Câmara Municipal de Tavira) - Entrega de Prémios Sociedade Columbófila Tavirense/2008 - Quinta do Monte - Altura (14/12/2008) 

Representante da Sociedade Columbófila Luzense (Marcelino Teixeira - Presidente Direcção), recebendo das mãos do Vereador de Desporto da Câmara Municipal de Tavira (Carlos Baracho), a Medalha de Mérito Municipal "Grau Cobre"

SC Luzense homenageada com Medalha de Mérito Municipal no Dia da Cidade de Tavira - Jorge Rodrigues (Presidente Conselho Técnico SC Luzense), Macário Correia (Presidente CM Tavira), Marcelino Teixeira (Presidente Direcção SC Luzense), Carlos Baracho (Vereador Desporto CM Tavira) e Adrião Gaspar (Tesoureiro SC Luzense)


O "Quarteto Fantástico da Columbófilia Algarvia" : Marcelino Teixeira (Presidente SC Luzense), José Carlos (Gabinete Imprensa ACD Faro), Carlos Baracho (Vereador Desporto CM Tavira e Presidente Assembleia-Geral ACD Faro) e Rui Emídio (Presidente ACD Faro) - Entrega de Prémios SC Luzense/2009 (19/09/2009)

  

CANDIDATO RUI EMÍDIO (LISTA C) ELEGE ELEMENTOS PARA A FPC 

Através da candidatura do columbófilo algarvio à presidência da FPC (Rui Emídio - Lista C), foram eleitos os seguintes elementos para os órgãos sociais da FPC :

Conselho Fiscal - José Manuel Araújo

Conselho de Arbitragem - Pedro Lopes

Conselho de Disciplina - Fátima Antunes

Intervenção de Rui Emídio : Presidente ACD Faro (Congresso FPC - 29/03/2010)

Rui Emídio (Presidente Direcçção ACD Faro e Candidato à Presidência da FPC)

Presidente FPC (José Tereso) e Presidente ACD Faro (Rui Emídio) com os Campeões do Campeonato Nacional Columbófilo Meio-Fundo 2008 (Ivan e Horácio Vargues - Vargues & Van Helsdingen - Faro) - Gala Nacional de Columbófilia - Casino Figueira da Foz (01/02/2009) 

Almoço em Aveiras de Cima (Expo Rainha) - Dr. Nogueira dos Santos, José Manuel Araújo e Rui Emídio

A todo o elenco directivo da FPC, desejamos as maiores felicidades, na condução dos destinos da Columbófilia Portuguesa, já que se deparam novos desafios, pelo que é urgente e necessário criar novos modelos e novas soluções, através da modernização da modalidade, para que esta possa ser atractiva para os novos aderentes, apostando-se na divulgação do Pombo-Correio, no desenvolvimento da columbófilia social (escolas e na comunidade), espelhando-se a visibilidade do desporto columbófilo, nos eventos desportivos, culturais e sociais (soltas nos jogos de futebol, nas comemorações locais e nacionais, etc, etc...)

José Carlos - Gabinete Imprensa ACD Faro

MG SAD - BI-CAMPEÃ SC SANTIAGO DE LOBÃO

MG SAD - Lobão
Bi-Campeã Geral da SC Santiago de Lobão
 


"A MG Sad foi criada com o objectivo principal de ganhar, desportivamente e de forma correcta". Esta é a filosofia desta equipa de columbófilos que participa numa das mais competitivas colectividades portuguesas, a Sociedade Columbófila de Santiago de Lobão, onde cerca de 50 columbófilos encestam uma média de 1500 pombos a velocidade e meio-fundo e 900 a fundo, isto apenas pelas equipas principais de cada columbófilo.

 A MG Sad foi formada em 2002, em 2006 sagraram-se vice-campeões do Geral e em 2008 não deixaram escapar o título máximo da SC Santiago de Lobão… "foi uma surpresa para os demais columbófilos, ninguém acreditava no Marílio, mas o título de 2008 veio tirar as dúvidas e agora já metemos respeito", disse-nos Alexandre Giro.

História da Sad 

A MG Sad é formada por dois columbófilos...

Marílio Freitas - Columbófilo desde 1962, interrompeu a prática da modalidade apenas durante quatro anos, período de tempo em que esteve a trabalhar na Venezuela. É o Marílio que acompanha os pombos diariamente.

Alexandre Giro - Columbófilo desde 1987, voou até 1999, com uma interrupção de três anos. O Alexandre Giro acompanha os encestamentos e as chegadas, ajuda na gestão da colónia e selecção de pombos.

O Giro tinha deixado de voar em 1999, os pombos estavam em casa dos pais, o "bicinho" voltou e em 2002 pediu ao Marílio para levar os pombos para sua casa. Aceitou. A Sad estava formada. Começaram a acasalar os pombos com o objectivo de voltar a viajar em Lobão e assim aconteceu. Em 2004 e 2005 já encestaram uma equipa em Lobão e uma outra em Lourosa. A partir de 2006 optaram por encestar apenas em Lobão por uma questão de facilidade e economia de tempo... "não viajamos noutras colectividades e até gostaríamos porque temos muitos amigos que o solicitam, mas não o fazemos por uma questão de disponibilidade de tempo".

Um dos pontos mais marcantes da história da MG Sad foi em 2005 quando decidiram adquirir um terreno para a construção de um pombal. Mal o compraram, instalaram lá 70 borrachos num pombal provisório e trataram de iniciar o processo de licenciamento das instalações a construir. A luz verde demorou mais de um ano. Em Agosto de 2006 o pombal já estava no local e foi povoado com 46 pombos adultos, os restantes foram eliminados. Procederam a um acasalamento para encurtarem o tempo de adaptação dos pombos ao pombal

2007 foi um ano de transição, os pombos e os columbófilos não conheciam bem as novas instalações, tanto assim é que os voadores adultos iam muitas vezes ao pombal antigo antes de se dirigirem ao novo. Por outro lado, aperceberam-se que o pombal era frio e por essa razão decidiram colocar telhas de vidro para permitirem a entrada dos raios solares no interior do pombal.

Linhas cultivadas

O Alexandre Giro trouxe a linha de pombos que cultivava, na sua maioria Espilros do seu tio Zé Quim Giro de Santa Maria da Feira, mas a mais-valia da colónia são sem dúvida os vermelhos Freitas cultivados pelo Marílio Freitas que constituem a linha base, à qual introduziram com sucesso os "Romários" do Acílio, a "Pocahontas" de Van Winkel e os Bert Braspenning de Carlos Aguiar Costa ("Felle" e "Van Moorsel").

Anualmente tiram 150 borrachos dos reprodutores a partir do fim de Abril até Outubro, de forma a que depois de separados dos pais possam usufruir de liberdade, um procedimento que consideram fundamental para o seu correcto desenvolvimento como atletas. Fazem-no, mesmo arriscando as baixas provocadas pelas aves de rapina... "o que nos safa é que existe uma comunidade de corvos nas redondezas e estes não atacam os pombos, mas lutam com as aves de rapina e afastam-nas", disse-nos o Marílio.

Dos voadores aproveitam duas posturas de 5 ou 6 casais... no final da Campanha, o Marílio gosta de juntar os melhores voadores com as melhores voadoras para os testar como reprodutores, desde que não sejam de sangue muito chegado.

Fim de Campanha

Terminada a Campanha acasalam a totalidade dos voadores, deixando-os alimentar os borrachos. Como já foi referenciado aproveitam alguns borrachos dos melhores voadores, mas estes não os deixam alimentar, passam os ovos para outros casais. É então que efectuam a selecção dos pombos que irão transitar para a Campanha seguinte, ou seja, os machos que irão ocupar os 47 ninhos e as fêmeas que irão para a secção dos poleiros. Passam a muda separados e na posição com que irão fazer a Campanha. Soltam-nos uma vez por semana, dia em que usufruem de banho livre.

Pré-Campanha

Começam a voar os pombos com regularidade a partir do momento em que a última remige já se encontra bem crescida, efectuam uma desparasitação e tratam contra as salmonelas (Parastop). Acasalam a 24/25 de Dezembro e quando estão no choco administram uma cura contra as tricomonas com dimetridazole durante 7 dias, seguindo-se a coccidiose (Baycox) e restituem a flora intestinal com probióticos (Prodigest).

Enquanto estão acasalados só voam uma vez por dia.

Os adultos não são submetidos a nenhum treino em linha, entram directamente nos treinos da colectividade que tem início no primeiro fim-de-semana de Janeiro. Os pombos novos voam 3/4 treinos particulares antes de entrarem nos da colectividade.

Campanha

Do princípio até ao fim da Campanha, os pombos voam dois períodos diários de 60 minutos, machos e fêmeas, de 3ª a 6ª feira, sendo que à 2ª feira saem apenas por breves minutos (+- 20). Os pombos de ano voam só ao final do dia durante o período de tempo que sobrar do voo dos adultos.

Com este nível de treino, a alimentação tem mesmo que ser reforçada. Assim, nesta colónia utilizam apenas um lote de ração - o sport. A medida é uma colher de sopa por cabeça, aumentando progressivamente a partir de 4ª feira, mas como nos disse o Marílio... "se acho que precisam mais, dou-lhes. É o columbófilo que terá de ter essa percepção. Por vezes, dou mais quantidade e este ou àquele pombo".

Para o fundo, acrescentam à ração milho e dari.

Encestam semanalmente (Velocidade e Meio-Fundo) 90 pombos, sendo 3 equipas de 30 pombos com apenas 1 recenseamento. A Fundo encestam apenas uma equipa de 30, os restantes voam o treino da colectividade.

Sobre a Longa-Distância, disse-nos Alexandre Giro... "gostava de ter uma equipa de fêmeas fundistas em separado dos restantes voadores, é uma luta que tenho tido com o meu sócio".

O Marílio respondeu... "consigo tirar mais rendimento assim, ficam todos treinados de forma igual. O trabalho extra que teria com uma equipa de fêmeas conduzida de forma distinta não compensa o que poderia ganhar em relação ao método que praticamos. Ainda não conquistamos qualquer título de Fundo, mas já ficámos em 2º e 3º. Para além do mais os pombos de ataque na Velocidade e Meio-Fundo não participam nos concursos de Longa-Distância".

A partir do momento em que se iniciam os concursos de Longa-Distância, os fundistas voam apenas essa especialidade, sendo submetidos, na semana de intervalo, a um voo-treino em linha de 4 a 5 kms com solta na zona de Castelo de Paiva.

A equipa principal é constituída por pombos que já provaram o seu valor e por irmãos e primos destes... "em 2009 chegamos a encestar oito pombos irmãos e todos eles foram ao mapa". A equipa principal é constituída por pombos fixos, mas semanalmente introduzem 2 ou 3 voadores das equipas secundárias e, por vezes, até um pombo de ano que esteja a sobressair. No que diz respeito aos borrachos, não seleccionam no primeiro ano, ou seja, dão sempre a hipótese de uma segunda Campanha, independentemente das suas performances no primeiro ano.

SC Santiago Lobão

Na opinião de Alexandre Giro... "é uma colectividade forte sendo sempre difícil vencer o Campeonato Geral e a prova disso é que, exceptuando a MG Sad, nos últimos anos o Geral tem sido ganho por columbófilos diferentes. Por outro lado, o Campeão Geral raramente ganha todas as especialidades, mais uma prova da grande competitividade da SC Santiago Lobão".

O tempo ia passando, os pombos do treino de Leiria (03 Abril) iam chegando espaçados, fruto das condições atmosféricas não muito favoráveis, fazendo antever que a prova de Granada (1ª prova de Fundo da Campanha) não iria ser fácil. A conversa derivou para o novo sistema de classificação do Campeonato Geral e o Marílio mostrou-se radical... "não concordo com este novo método, pois prejudica, não tantos os columbófilos, mas mais os pombos. Por exemplo, posso ter 20 pombos à frente do determinado columbófilo e essa marcação não se reflectir no Geral. Se para o ano não mudar, não tenho interesse em participar na Campanha".

Alexandre Giro, completou... "O actual sistema de pontuação transformou o Geral num Campeonato de Regularidade, mas ainda não está bem definida, há coisas que têm de ser aperfeiçoadas. Levanto uma questão, os columbófilos com possibilidade de serem campeões podem pedir a terceiros para influenciarem a classificação Geral. Explico-me melhor, determinado columbófilo vai em 2º do Geral e quer destronar o 1º, pode meter os seus 30 pombos e não ter hipótese de o ultrapassar porque este pode estar feito com os adversários para não meterem pombos e a pontuação não chegar para nada porque só ganhará um ou dois pontos em função da sua classificação da especialidade.

Outra questão que levanto refere-se ao apuramento do Pombo Geral, constata-se que o regulamento não especifica se o pombo tem de pontuar em todas as especialidades, logo aí os pombos que vão a Fundo estão a ser prejudicados porque vão ter menos pontos dos que vão a Velocidade e Meio-Fundo (número de pombos encestados). É pois urgente a FPC realizar uma adenda ao regulamento dizendo que os pombos do Geral deverão marcar nas três especialidades.

Há columbófilos que marcam o 1º e 2º em determinado concurso e vão ver o Geral e ainda desceram... na prática um bom concurso não se reflecte no Geral.

No meu ponto de vista, os melhores columbófilos vão continuar a aparecer no topo das classificações, não vai haver grandes diferenças. Este novo sistema beneficia o columbófilo e prejudica o pombo e ao prejudicar o pombo está-se a prejudicar a columbófilia.

Os columbófilos mais antigos não percebem muito bem este novo método e estão a ficar desanimados o que poderá provocar mais desistências, esta não é a minha opinião sobre o novo método de pontuação do Geral, mas aquela que sinto junto da comunidade columbófila.

Urgente será a FPC definir o método de apuramento do melhor pombo do Geral e ainda encontrar uma fórmula para todos os columbófilos aparecerem na Classificação Geral, pelo menos aqueles que encestam pombos às três especialidades".

A finalizar...

Alexandre Giro... "A finalizar faço um pedido ao meu sócio para não se deixar desanimar com este novo método de classificação do Geral. A MG Sad é para continuar e não para desistrir. Aproveito ainda a oportunidade para aconselhar todos os columbófilos, principalmente os iniciados, a lerem o livro editado pelo Mundo Columbófilo de nome "Nascido para Vencer", considero que terão muito a ganhar com a sua leitura".

O Marílio Freitas, assinante do Mundo Columbófilo há 20 anos, felicitou o jornal pelo contributo que tem dado à divulgação da columbófilia portuguesa.

Em jeito de despedida, aproveito para agradecer a forma como fomos recebidos pela MG Sad, tanto na festa de comemoração do título 2008, como aquando da realização desta reportagem. Aconselhamos ainda ao Marílio e a todos os columbófilos portugueses que pensam como ele que se afastem da ideia do abandono da modalidade, sigam antes o caminho de manifestarem o seu descontentamento junto da sua colectividade, associação e federação.

 

FESTA EM AIVADOS - 25 ABRIL 2010 (ACD PORTO)

  • Festa em Aivados - 25 Abril 2010

A Associação Columbófila do Distrito do Porto vai organizar uma festa columbófila antes e após a solta de Aivados a realizar no dia 25 de Abril 2010 junto à estação de caminhos de ferro desta localidade alentejana.
Será servido um Porto de Honra e distribuídos bonés e pin's a todos os presentes. Compareça a partir das 06:30 horas!!!
Recorde-se ainda que se irão realizar neste local mais duas soltas únicas da ACD Porto… 23 Maio e 20 de Junho.