Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUMBÓFILIA

PÁGINA DE JOSÉ CARLOS ALMEIDA ROSA, DEDICADA À COLUMBÓFILIA !!! PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO DO DESPORTO COLUMBÓFILO !!!

COLUMBÓFILIA

PÁGINA DE JOSÉ CARLOS ALMEIDA ROSA, DEDICADA À COLUMBÓFILIA !!! PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO DO DESPORTO COLUMBÓFILO !!!

Dr. José Luís Jacinto (Mira 2016)

Dr. Jacinto: “venham a Mira apreciar a beleza dos pombos-correio e disfrutar do convívio entre os amantes da modalidade”

Na contagem decrescente para os Campeonatos Internacionais de Mira 2016, o presidente da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), o dr. José Luís Jacinto, fez uma antevisão à prova e deixou o convite para as pessoas visitarem o Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, em Portomar, Mira, este sábado.

 

Os columbódromo e os derbies, de forma geral, trouxeram uma nova perspetiva para a prática da columbofilia: colocaram em competição direta pombos provenientes de vários países dos diferentes Continentes. Esta situação criou alguma igualdade competitiva, pois é o mesmo pombal, o mesmo tipo de treino, a alimentação é semelhante, as linhas de voo também, entre outros aspetos. Que visão tem, enquanto presidente da FPC, sobre esta vertente da columbofilia?

 Dr. JCJ – Entendo que é uma forma de competir que deve ser respeitada e promovida, essencialmente por 2 grandes motivos. O primeiro está relacionado com o facto destas provas, que decorrem após o término dos campeonatos das associações e das coletividades, permitirem manter a família columbófila “ativa”. A campanha de derbies, a nível nacional, começa no próximo sábado, com a prova em Mira, mas depois seguem-se o do Cartaxo, o do Algarve, o de Riachos, e todos eles ajudam a que os columbófilos e todos os interessados nas competições dos pombos-correio continuem a ter motivos para se reunirem num local e apreciarem o espetáculo. O segundo motivo está relacionado com a valorização do pombo-correio português, porque nestas provas ele está em competição com pombos de diversos países e, ao concorrer, mostra as qualidades dos pombos nacionais. 

Que importância tem a realização destes derbies para a columbofilia portuguesa?

Dr. José Luís Jacinto (JCJ) – Este tipo de provas tem vindo a ganhar espaço na columbofilia. Têm aumentado a sua popularidade, porque permitem que, no mesmo espaço (columbódromo), um conjunto de praticantes façam testes aos seus pombos. Os pombos são tratados da mesma forma, soltos no mesmo local e têm o mesmo ponto de chegada. Isto faz com que seja fácil comparar as qualidades destes “atletas”. Estes derbies, normalmente, decorrem fora da época de campanha desportiva, algo que permite criar aqui um sítio de encontro e de convívio entre os apaixonados pela modalidade. O nosso dérbi tem uma caraterística diferente, porque faz também parte do Campeonato da Europa.

A FPC foi pioneira na realização e organização destes eventos. Sente que isso tem ajudado na projeção da columbofilia portuguesa e na promoção da nossa capacidade de organização?

Dr. JCJ – Sem dúvida que tem ajudado a colocar em destaque a columbofilia portuguesa. Durante o tempo da prova, as pessoas, através de vários meios, estão “com os olhos” em Mira, isso significa que, para além da “família” columbófila mundial, há mais gente que acompanha. Tudo isto contribui para a promoção da nossa columbofilia. Ao nível da capacidade de organizar grandes eventos, é reconhecida, por toda a Europa, a capacidade da FPC e de Portugal em organizar os melhores eventos columbófilos a nível europeu. Seja Olimpíadas, Exposições Ibéricas, Campeonatos da Europa ou do Mundo, nós somos internacionalmente reconhecidos pela competência na organização e, sem dúvida, que estamos na vanguarda nesse aspeto.

Que feedback tem recebido relativamente às edições anteriores?

 Dr. JCJ – Neste momento Mira já tem “concorrência”, porque há em Portugal mais derbies e todos com excelente qualidade e muito reconhecidos a nível internacional. Tudo isto nos leva a ter mais imaginação no nosso derby, para conseguir que se diferencie em relação aos outros. Mira, felizmente, vai-se mantendo num patamar superior a nível europeu e continua a ser uma prova bastante elogiada.

Que mensagem gostava de deixar aos columbófilos relativamente aos Campeonatos Internacionais que vão decorrer no dia 9 de julho?

Dr. JCJ – Acima de tudo gostava de fazer o convite para virem a Mira no próximo sábado. Venham e aproveitem o convívio entre os columbófilos. Vai ser um dia de celebração deste desporto. Espero que quem vier, possa trazer a sua família e amigos, para passarem um dia agradável no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova. No fundo, a ideia é fazer disto uma jornada de alegria, amizade e convívio.

E para o público “não columbófilo” que palavras gostava de proferir?

Dr. JCJ – Têm vindo assistir a estas provas cada vez mais pessoas que não são columbófilas. Mira proporciona uma chegada de pombos – correio, ainda jovens, porque são borrachos com menos de um ano, muito agradável para o público. O Columbódromo tem condições excelentes, assim as condições meteorológicas o permitam, para podermos ter uma tarde única no próximo sábado, por isso, venham a Mira apreciar a beleza dos pombos-correio e disfrutar do convívio entre os amantes desta modalidade.

A “Grande Festa da Columbofilia” está quase pronta. Continuem atentos às novidades que vão ser lançadas no blog e no site da FPC. Pode consultar os detalhes de toda a preparação dos “atletas” também no site dos Campeonatos: Campeonatos Internacionais Mira 2016.